Estudo da Avaya aponta que PMEs da América Latina irão investir em Comunicações Unificadas nos próximos anos
 

06 Dec 2012

Estudo da Avaya aponta que PMEs da América Latina irão investir em Comunicações Unificadas nos próximos anos

 

Pesquisa relatou também que essas empresas preferem o modelo de contratação “as a service” para os projetos de tecnologia


São Paulo, decembro de 2012 – Uma pesquisa encomendada pela Avaya, líder global em sistemas e serviços para comunicação corporativa e colaboração e realizada pela Frost&Sullivan, retratou o cenário de Comunicações Unificadas (UC) para pequenas e médias empresas na América Latina. O resultado, que mostrou um grande mercado em potencial no Brasil, reforça uma das principais vertentes da estratégia da Avaya no País - expandir sua atuação no segmento de PMEs. Até 2015, a expectativa da Avaya é que esse segmento represente 20% da receita da operação brasileira.
 
O estudo, realizado entre março e maio desse ano, ouviu 73 empresas, sendo 35,5% do Brasil, 23,3% do Chile, 20,6% da Colômbia e 20,6% do Peru e apontou que, entre os principais desafios desse mercado estão o acesso limitado ao crédito e alta tributação. Mas, ainda assim, destaca o pleno crescimento e a intenção em investimentos em tecnologia nos próximos anos pelo segmento.

 

De acordo com Nelson Campelo, presidente da Avaya Brasil, UC é uma das áreas com maior crescimento da Avaya no Brasil. “Hoje, a Avaya estima que o mercado total de UC no Brasil gira em torno de 350 milhões dólares, alcançando crescimento de cerca de 12% ao ano. Alinhado a isso está o grande número de PMEs no Brasil - segundo o SEBRAE, são mais de 6,1 milhões. Essas empresas investem em tecnologia e buscam sempre por soluções completas e simples, que viabilizem a sua operação sem a necessidade de um grande investimento em infraestrutura”, afirma o executivo.

 

Apesar de ainda pouco utilizada entre as PMEs, esse mercado já reconhece os benefícios das  Comunicações Unificadas. Prova disso é que 50% das empresas envolvidas na pesquisa afirmaram que têm planos de investir pelo menos 10 mil dólares em uma ou mais ofertas desse perfil no próximo ano e que 25% das corporações que ainda não possuem telefonia IP (62% no total) pretendem migrar entre 2012 e 2013. “A mobilidade aumenta a produtividade das empresas, permitindo fácil acesso aos dados, independentemente do local ou do device do usuário e as soluções de UC otimizam e fomentam ainda mais esse fenômeno. Por meio do estudo, pudemos identificar que as PMEs que já utilizam ferramentas de UC afirmam que o maior diferencial dessas soluções está em potencializar essa colaboração, permitida pela mobilidade. A pesquisa sinalizou também que, entre as empresas que não usam UC, mas que têm intenção de adquirir, a web conferencing aparece como a ferramenta mais popular”

 

Outra característica do mercado SMB, de acordo com a pesquisa, é a preferência pelo modelo SaaS (software como serviço). Das empresas entrevistadas, 59% preferem essa modalidade de contratação. Quando fazemos esse recorte tendo como base apenas as empresas brasileiras, esse número sobe para 70%. “Esse resultado também está alinhado com a estratégia traçada pela Avaya Brasil, de investir na ampliação de sua presença no mercado PMEs com as ofertas de UC por meio do modelo SaaS. Todo nosso portfolio de soluções e serviços pode ser adquirido de forma unificada ou gradativa - conforme demanda - por meio de parcerias, como, por exemplo, com  operadoras de Telecom. Dessa forma, os módulos de voz, vídeo - com as soluções Radvision -, presença, instant message, etc, podem ser disponibilizados de uma única vez, de maneira integrada ou por ondas”, explica Campelo.

 

“Hoje, quando falamos de Comunicação Unificada, estamos falando em ferramentas que endereçam duas grandes preocupações das PMEs – a melhora da produtividade e da experiência do cliente por meio da comunicação e mobilidade – fatores que impactam direta e positivamente o negócio. Por isso os esforços da Avaya estão voltados em desenvolver pacotes de ofertas para essas empresas que compõem um dos segmentos mais promissores no mundo”, finaliza Campelo

 

Informações sobre a Avaya:
RMA Comunicação

Juliana Gaspardo (juliana.gaspardo@rmacomunicacao.com.br) - (11)2244-5909

Cecília Ferrarezzi (cecilia.ferrarezzi@rmacomunicacao.com.br) - (11) 2244-5967

 


Sobre a Avaya:
A Avaya é fornecedora global de soluções de colaboração e comunicação empresarial, oferecendo comunicações unificadas, centrais de contato, redes e serviços afins para empresas de todos os portes, no mundo inteiro. www.avaya.com

 

Algumas afirmações constantes deste comunicado à imprensa referem-se ao futuro. Tais afirmações podem ser identificadas pelo uso de termos que se referem ao futuro, como “projetar”, “acreditar”, “continuar”, “poderia”, “estimar”, “esperar”, “pretender”, “poder”, “planejar”, “potencial”, “prever”, “dever”, “irá” ou outros termos semelhantes. Baseamos essas afirmações referentes ao futuro em nossas expectativas, suposições, estimativas e projeções atuais.  Embora, na nossa opinião, essas expectativas, suposições, estimativas e projeções sejam razoáveis, tais afirmações referentes ao futuro são meras previsões e envolvem riscos e incertezas conhecidos e desconhecidos, muitos dos quais estão fora de nosso controle. Esses e outros fatores importantes podem ocasionar diferenças relevantes entre os resultados, desempenho ou sucessos efetivamente alcançados e eventuais resultados, desempenho ou sucessos futuros que estejam expressos ou implícitos nessas afirmações referentes ao futuro. Para obter uma lista e descrição de tais riscos e incertezas, consulte os documentos apresentados pela Avaya à SEC (Comissão de Valores Mobiliários dos EUA), que estão disponíveis em www.sec.gov. A Avaya nega qualquer intenção ou obrigação de atualizar ou revisar quaisquer afirmações referentes ao futuro, como resultado do recebimento de novas informações, de eventos futuros ou por qualquer outro motivo.